quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

E as aulas de costura, heim?

Desde o post anterior, isso é, desde o anúncio das aulas de costura, recebi emails de algumas meninas pedindo informações sobre o curso e etc. Nem sei se todas vão fazer as aulas, mas o mais legal nisso é notar o interesse pela costura, coisa que se perdeu fortemente nas últimas décadas.
Lembro-me de quando inventei de costurar, há alguns anos: meus amigos me olhavam com cara de desconfiados e as vovós da rua achavam que eu estava de brincadeira porque, pra elas, ninguém com menos de 60 anos costura hoje em dia.
Mas eu queria fazer alguma coisa distante da minha profissão (trabalhava com design gráfico numa editora e passava o dia colada em softwares, fotos, bonecos de revistas etc) e que não envolvesse computador. Não sei bordar, não sei tricotar mas queria costurar.

Eu passei grande parte da minha infância dentro da oficina de costura da minha madrinha (essa é musa, costura tudo!). Minha mãe sempre trabalhou e lá fiquei por muito tempo, no meio de tantos moletons e máquinas ligadas horas à fio. Fiz roupas super tortas para Barbies e pequenos "edredons" com os moletons que sobravam.  Outra lembrança MUITO forte foi da fase que mamis trabalhou na oficina de consertos do Mappim. Lá eu conheci alfaiates, vi papel de modelagem, ternos sendo ajustados e adorava aquelas horas alí. Só.

Não tinha uma amiga que pregasse um botão sequer, infernizava minha mãe pra ajustar alguma roupa (mentira, todas as roupas! com meu peso pena, acho que ajustei qse tudo o que comprei por mtos anos), não sabia a diferença de um tecido plano e uma malha. Ás vezes me sentia uó, pq minha mãe me educou pra ser auto-suficiente e, naquilo, eu era uma pata choca. Dai fui pra aulinha achando que eu ia sair costurando um vestido de festa e infelizmente, nada aprendi. Mas aquele meu primeiro contato com a costura foi definitivo pra mim e eu, que sempre programei tudo, fui jogada à um universo que não conhecia e aqui estou até hoje. Não faço roupas (embora conheça um pouco) mas acho legal poder comprar uma peça e ajustar no meu tamanho, sem ter que pedir favores à ninguém. Também adoro fazer presentes (a coisa que mais gosto!), arrumar uma barra de calça etc. Ninguém precisa se formar uma costureira e ir trabalhar nas oficinas do Bom Retiro, mas pode se divertir. É como cozinhar, aliás, pra mim, a mesma coisa. É o prazer de "fazer com as mãos", de produzir algo, começar e finalizar.

 Então quando recebo emails de meninas perguntando se, é possível que elas costure, digo SIM! Basta dedicação, capricho e paciência. É agregar um exercício pra vida, um hobby. Aliás,  tem tanto tutorial legal por aí, ne? Coisas fáceis pra fazer, decorar um quarto, presentear, enfim..

Beijo

Patricia C (euquero@ohmaria.com.br)


obs. confesso que já estraguei algumas roupas tentando "melhorar". Então, cautela hehehe.
obs2. não tenho mais horário pra Março, estou agendando Abril. Não, não tem 6 mil alunas cadastradas, é que como as aulas são particulares, se eu ensinar o dia todo, não trabalho. E a Oh!Maria, comofica?
obs3. pra seguir o blog, basta ir até o o final da página e clicar no botão "seguir"

9 comentários:

Rosa Albertí disse...

Oi, qual o local do curso?SãoPaulo?
E o valor?
o/

Patrícia | Oh! Maria disse...

Rosa, me manda um email? daí te mando o .pdf euquero@ohmaria.com.br Bj

Paula Brêda disse...

Se eu morasse aí, com certeza ia fazer esse curso pra ver se realizava alguns desejos ocultos, rsrsrs!!!!
Achei a idéia muito boa! Beijos!
Ah! Amanhã é a festinha da Bia, tô ficando doida já!

Vestido de Rodar disse...

Eu quero, eu quero, eu querooooo! Vc atende à domicílio? rsrs

Vestido de Rodar disse...

Hahahahaha perfeito, agora vc me quebrou as pernas!!!!

Jane design disse...

Tem selinho p vc lá no blog!!

http://janedesignblog.blogspot.com/2011/02/selada.html

bjss

Vestido de Rodar disse...

Cadê tu???? bjks

Vestido de Rodar disse...

Oi flor..tatinda..que loucura né? Não estou cobrando não..rsrs..senti sua falta na blogosfera. Beijocas e boa sorte com a costureira do amor! Re

Vestido de Rodar disse...

É bom tirar um ou alguns dias pra dar um refresh, curtir um bodezinho..faz parte..mas não deixa dominar você. Lembre-se: Não há tempestade que dure para sempre!! Pensamento positivo e bola pra frente!!! Beijocas, Re