segunda-feira, 9 de novembro de 2009

A tristeza é uma noite longa..

Uma coisa pra falar sobre o que tem acontecido com nós, mulheres.
Tanto o caso da aluna da Uniban quanto o outro, que me fez vir aqui, escrever.

Não sei se todos sabem, mas Yoani Sanchez é uma blogueira de Cuba e lançou um livro de crônicas aqui no BR, na última semana. But, o governo cubano não lhe concedeu visto p que ela pudesse vir ao lançamento, onde teria uma noite de conversas na Livraria Cultura em SP. Antes disso, o Senador Suplicy com outras pessoas tentaram negociar com o governo Cubano p que liberassem a garota (sim, ela tem mais ou menos nossa idade!) para vir ao Brasil mas nada foi permitido, nada foi liberado.

Ontem recebi um email de uma amiga, tbm cubana (e linda, fazedora de vestidos ótemos!) dizendo que, enquanto o debate acontecia aqui em SP, com jornalistas, professores e uns cineastas que voltaram há pouco de Cuba (e entrevistaram Yoani), lá na ilha ela estava sendo sequestrada, espancada e de tanto apanhar, acreditando seriamente que iria morrer. Rasgaram sua roupa, chutaram seu corpo, bateram no marido. O texto é este aqui e vale a leitura.

Sinceramente, esses dois casos só me fazem acreditar que vivemos num planeta machista, nazista, doente, intolerante, prepotente, calculista e sem coração. Eu passei a ultima noite em claro por dois motivos, e um deles foi por conta da tristeza que tomou conta, ao pensar no assedio e na falta de respeito que Yoani e tantas mulheres sofrem diariamente, nesse mundo que caminha a passos largos pra lançar video-games e armas nucleares mas a conta-gotas para ser humanista. Os interesses são apenas financeiros, a ganância rege os caminhos e mais uma vez, os mais fracos pagam por tudo isso.


Hoje eu me sinto no direito de ficar triste, completamente triste.

Que o conforto esteja com Yoani





obs. Em 2007, Yoani foi eleita uma das cem pessoas mais influente no mundo pela revista Time.
http://www.desdecuba.com/generaciony/

5 comentários:

Ateliê Joana e a flor - By Vera Ferraz disse...

Um acontecimento muito triste realmente, é de se pensar e de agir, pois existem várias Yoanis pelo Brasil e pelo mundo, as vezes dentro de nossa própria casa. Yoanis maltratadas, humilhadas, massacradas, por opiniões, religiões, atitudes machistas e egoístas...e por aí vai.
Até quando?
Chega!
Estou triste com vc! Bjs

tezukuri da Karen disse...

As vezes estou tao entretida no meu mundinho, com meus probleminhas que esqueco de olhar o que esta acontecendo alem minha porta.
Ainda bem que tem vc para dar um chaqualao em mim com textos como este.... tambem estou triste... muito triste por eu nw fazer nada....

Veronica disse...

Nossa, que impressionante. É de entristecer mesmo : (
Mas obrigada por dividir, é sempre importante a gente saber de histórias como essa.
Bjs.

Danielle disse...

Que mundo é esse??
Bjos

MARHABANA disse...

Pat, eu não tinha visto este post. Super obrigada. Yoani, todas as mulheres do mundo e eu, te agradecemos.

Ai, eu sempre fico triste quando penso no que aconteceu com ela.

Muito muito obrigada!!!